Opções binárias Platina

Opções binárias Platina: Como investir e lucrar com a platina em Opções Binárias

Como investir e lucrar com a platina em Opções Binárias: O estudo dos assets no trading binário

A primeira sugestão que damos para quem quer lucrar quando se investe em trading on-line, é estudar todos os assets com os quais escolheu-se investir.

Precisamos procurar o máximo de informações e atualizações possíveis em relação ao asset específico, graças ao suporte do calendário econômico. E não só isso, é necessário se informar constantemente as cotações e os gráficos de referência em tempo real para obter uma imagem clara e completa.

As diferentes corretoras oferecem vários assets, e podemos dizer que são divididos em quatro grandes seções: matérias-primas, também chamadas de commodities; câmbio de moedas; índices; e ações das companhias cotadas na Bolsa de valores.

Hoje vamos focar em uma matéria-prima específica, ou seja, a platina, uma das mais valiosas em circulação.

Não é tão comum quanto as outras commodities, como por exemplo o ouro e o petróleo, mas vale a pena examinar o tema da melhor forma possível, com o objetivo de poder diversificar seus investimentos.

A Platina, um metal muito precioso

É um material muito valioso e entre os mais raros da Terra, e está localizado dentro dos meteoritos.

Cerca do 50% do consumo total de platina é atribuível à indústria de joias. Devido à alta concentração e peculiaridade de seus componentes, somente nas últimas décadas foi entendido como derreter corretamente a platina para poder aproveitar ao máximo na produção de anéis, colares, pulseiras, etc.

É interessante saber que a platina também é usada como componente de conversores catalíticos em motores. E além disso também é a base de outros setores, como no campo médico por exemplo. Onde este material é usado em uma quantidade menor do que no primeiro caso.

Hoje em dia, a maior parte da platina extraída, pouco mais de 80%, vem do continente africano. O resto é dividido entre a Rússia e a América do Norte.

Como investir em platina no trading on-line?

Além do investimento do material real, a platina é negociada como instrumento financeiro em escala global. Em particular modo é negociada em New York Mercantile Exchange (NYMEX), Chicago Board of Trade (eCBOT) e a Tokyo Commodity Exchange (TOCOM).

Isso significa que o trader não compra ou vende a platina, mas pode lucrar com as diferentes flutuações de preço do asset.

Deve-se enfatizar que, para realizar essas atividades específicas, é necessário utilizar plataformas on-line que sejam regulamentadas por órgãos de supervisão e controle.

Para poder investir no trading on-line da platina existem três opções, as Opções Binárias, os futures e os CFDs.

Vamos analisá-los no detalhe:

  • Opções Binárias: a possibilidade de fazer uma previsão do valor da platina em um certo período de tempo.
  • Futures: são contratos padronizados que são negociados na Bolsa de Valores, aonde as duas partes comprometem-se a trocar bens ou assets em um determinado período de tempo e a um preço específico. Aqueles que compraram apontam a um aumento do preço no momento inicial da compra dos Futures. Aqueles que venderam esperam na redução do preço inicial.
  • CFD: (Contrato de Diferença) copia o preço dos Futures mais com um prazo de validade mais curto. As corretoras que oferecem CFDs aplicam ao preço dos Futures uma porcentagem pelo serviço oferecido, chamado de spread.

Os fatores a considerar, que influenciam o preço da platina

O preço da platina é influenciado por vários fatores, entre eles:

  • E’ fundamental comparar o preço da platina com o do ouro. Há uma motivação específica, ou seja, geralmente quando os mercados financeiros são estáveis é estimado que a platina vale cerca de duas vezes mais do que o ouro. No entanto, no momento em que o preço do ouro aumenta, o preço da platina cai. Normalmente os dois assets são caracterizados por uma relação inversa: ou seja, quando um sobe, o outro desce;
  • Como já abordado no parágrafo anterior, a platina é um recurso natural muito raro. Por essa razão, o preço é influenciado pela oferta e demanda; e especialmente pela quantidade extraída em relação a demanda da platina no planeta;
  • No momento em que a platina tem propriedades específicas, únicas no seu gênero, a maior parte deste material destina-se a indústrias particulares. Basta uma mudança significativa dentro dessas indústrias específicas para poder criar fortes flutuações no preço da platina, resultando em um aumento ou diminuição do valor. Para entender melhor, como mencionado acima, a platina é utilizada na construção de motores. Suponhamos por exemplo, que as empresas do setor tenham que reduzir drasticamente o uso de motores de combustão, e prefiram produtos que vêm de fontes de energia renováveis. O valor de platina pode cair, pois não será mais um material necessário neste campo.

Leave a Reply